Leilão da Polícia Rodoviária Federal

A Polícia Rodoviária Federal é mais um órgão governamental que realiza leilão de veículos apreendidos. É um leilão interessante, que não pode ser ignorado por quem deseja comprar barato em leilões de veículos. Aviso: cuidado com leilões falsos. Sempre visite os lotes e leia os editais. 

Sobre a Polícia Rodoviária Federal

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) é uma instituição policial do governo federal, cuja função principal é garantir a segurança das rodovias federais do país. Cada estado possui uma unidade, denominadas Superintendências Regionais. Essa divisão afeta diretamente os leilões da PRF, que são divididos por estados.

Além de fiscalizar o trânsito, a Polícia Rodoviária Federal também é responsável por realizar atendimentos em casos de acidentes. Além disso, ela realiza operações para apreensões de drogas e recuperação de veículos roubados. A PRF possui diversas funções e, dentre elas, está a realização dos leilões de veículos apreendidos.

Advertisement

Leilão da Polícia Rodoviária Federal

De acordo com o site da Polícia Rodoviária Federal:

“Leilão é a modalidade de licitação utilizada pela administração pública para a venda de bens e de produtos legalmente apreendidos ou penhorados, a quem oferecer o maior lance, igual ou superior ao da avaliação.”

Polícia Rodoviária Federal realiza leilões em todo o país.

 

Assim, os leilões da PRF são bem parecidos com os leilões do DETRAN, sendo que a diferença está na origem dos veículos apreendidos. Os veículos leiloados pela PRF são aqueles apreendidos pelo órgão nas rodovias federais do país.

Isso faz com que a PRF leiloe bem menos veículos que o DETRAN, visto que o número de veículos apreendidos nas rodovias federais é bem inferior ao número de veículos apreendidos pelo DETRAN. Embora sejam menos leilões realizados, alguns dos leilões possuem uma enorme quantidade de veículos. Além disso, assim como o leilão do DETRAN, os lances iniciais costumam ser extremamente baixos, como lances a partir de 50 reais.

Da mesma forma que os leilões do DETRAN, é comum encontrar veículos em bom estado nos leilões da PRF. O leilão da PRF também faz a divisão entre os veículos, sendo que veículos classificados como sucatas não poderão trafegar no trânsito, sendo destinados ao desmonte para retirada de peças e reciclagem.

Como participar do leilão

Dependendo do leilão, podem participar pessoas físicas e jurídicas, sendo que sucatas, geralmente, não podem ser arrematadas por pessoas físicas.

Para participar, o primeiro passo é saber quando os leilões acontecem. Geralmente, os leilões realizados pela PRF são bem divulgados, em grandes portais de notícias. Como os leilões são escassos, é bom ficar antenado, para não perder a oportunidade quando os leilões acontecerem.

Para saber quais são os leilões realizados pela PRF, acesse o site portal.prf.gov.br/portal/acesso-a-informacao/leiloes-1 e selecione o estado de seu interesse. Como já dissemos, os leilões são divididos por estados. Uma das vantagens do leilão da PRF é justamente essa: todas as informações estão disponíveis em apenas um site, de modo que não é necessário entrar em sites separados de cada estado.

Após selecionar o estado, verifique quais editais estão abertos, observando as datas. Após encontrar um leilão aberto, leia o edital, onde estarão todas as informações sobre o leilão, sua realização e como participar.

Uma prática que tem se tornado comum pela PRF é realizar leilões online a partir de terceiros. Quando isso ocorre, essa informação fica explícita no edital, indicando ainda o site do leiloeiro que realizará o leilão. É importante ler, além do edital disponibilizado pela PRF, todas informações no site do leiloeiro, para que não haja nenhuma surpresa.

Além disso, existem leilões presenciais, que acontecem de forma semelhante à um leilão normal de veículos.

Se o leilão for online, deve ser feito um cadastro prévio no site do leiloeiro para que seja possível participar. Todas essas informações estão no edital, então não deixe de lê-lo.

Mesmo nos leilões realizados online através de terceiros, é possível visitar os lotes. Nunca participe de um leilão sem antes visitar os lotes.

Conclusão

Embora os leilões realizados pela Polícia Rodoviária Federal sejam escassos, com um número bem inferior de veículos se comparados com o leilão do DETRAN, é interessante ficar atento. Pesquisar o maior número de leilões confiáveis possível é essencial para comprar barato.

E mesmo com poucos leilões realizados, com certeza existem boas oportunidades nesses leilões, que só são aproveitadas por quem está bem antenado. Então não deixe de ficar ligado nos leilões da Polícia Rodoviária Federal.